quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Vida longa ao Rei! Mas, qual rei?

A algum tempo já que as fábrica vem fazendo kits de conversão para transformar os carros nitro em carros elétricos. Aqui no Brasil a preferência é pelo nitro, nos EUA e Europa o elétrico leva um pouco de vantagem.

Quem é o rei do R/C? Por enquanto, no Brasil, o trono é do nitro mas o próximo na linha de sucessão é com certeza os carros elétricos com as maravilhosas baterias LiPo e constante evolução dos motores brushlees. O elétrico é, sem dúvida nenhuma, o futuro do R/C no mundo.

A Associated lançou recentemente um kit de transformação para seu buggy RC8 e truggy RC8T além de servir em outros carros da marca. A pioneira nesses kits foi a Novak com seu kit de transformação para diversos buggies como XRAY, Associated, Cen, Mugen, Hot Bodies, OFNA e LOSI. A coisa está crescendo e através da Speedpassion já chegou no on-road também, na categoria considerada a F1 do R/C.

A speedpassion lançou um kit para converter o Serpent 960 em um potente carro elétrico com um motor de 4.5T brushless impulsionado por uma bateria especialmente desenvolvida para encaixar no lugar do tanque do 960 fornecendo incríveis 14.8 volts este carro com certeza será algo surpreendente.

Muitos não sabem sobre a relação de motores elétricos brushless e a voltagem da bateria mas algo todos sabem, quanto mais energia mais potência o motor irá desenvolver.

Vamos agora especular um pouco sobre a potência do motor 4.5R da Speedpassion. A potência dos brushless é dada em Kv que seria o RPM por volt de cada motor, então especulando, um motor 4.5R da Speedpassion deve ter cerca de 5000kv. Vamos lembrar que os motores usados nas conversões são maiores que nossos tradicionais motores tamanho 540.

Um motor brushless do tamanho 540, motor que usamos nos carros elétricos 1/10 TC, sendo o mesmo 4.5T gera cerca de 10000KV então existe uma grande diferença entre o KV de cada motor com relação ao tamanho.

Voltando ao assunto, com base em nossa especulação e dados obtidos na internet, o motor da Speedpassion usado na conversão do Serpent 960 tem 5000KV de potência assim podemos dizer que com a bateria disponibilizada no kit vamos ter 74.000rpm em um chassis de 1/8 que todos sabemos qual é o seu potencial.

A principal característica dos motores elétricos é a reação do carro na aceleração. Com um motor elétrico a potência é quase que imediatamente transmitida às rodas enquanto no carro nitro tem a ação do carburador e depois o sistema de embreagem tendo assim todo um processo mecânico inexistente no sistema elétrico.

Com tantas leis limitando barulho, emição de gases e outras regulamentações sobre poluição ambiental até a industria de carros 1/1 está indo em direção a carros elétricos e agora com tantos kits de transformação, o R/C mostra que vai seguir o mesmo caminho a longo prazo.

Outro fator que pode vir a ser decisivo nesta mudança é a revolucionária técnologia que a Speedpassion alegou algum tempo atrás que iria lançar em 2009, a FS MODELSPORT publibou uma reportagem a respeito. Até agora não soubemos mais nada e nem a própria Speedpassion comenta algo a respeito mas seria uma fonte ilimitada de energia no carro. A transmissão de energia por um sistema 2.4Ghz tenho um receptor no automodelo e um transmissor ligado na tomada da pista. Isso seria o sonho de todos os amantes do R/C corridas sem tempo definido, sem compra de combustível ou baterias..... praticamente uma independência total de almotolia e carregadores.

A empresa que parece estar mais a frente de toda essa técnologia é a Speedpassion que lançou kits para transformar o HPI Savage, o Serpent 960 e outros Buggies além de motores, speed, dinamômetros e ainda essa tão esperada transmissão de energia. Muitos estão céticos a respeito desse lançamento pois a muito tempo cientistas do mundo inteiro vem tentando transmitir energia via wireless. Conseguiram transmitir dados, voz, tudo menos energia que pudesse alimentar um aparelho como TV, rádio, etc. Se a Speedpassion lançar em 2009 o tal aparelho será não só uma revolução no R/C mas sim uma nova revolução industrial.

A nós só nos resta esperar e por enquanto nos divertir com nossos modelos elétricos, nitro ou nitro convertidos.

Fonte: Speedpassiom, Associated, Novak

Nenhum comentário: