quarta-feira, 1 de abril de 2009

Futaba com problemas!

Alguns pilotos vem reclamando de problemas com seus rádio Futaba 4PK. Os problemas que estamos ouvindo de todos é que depois de algum tempo seus rádios param de funcionar como se o Fail Safe estive sido acionado e depois de um tempo volta ao normal.

Dizem que parece que o rádio perde o sinal com o receiver. Bom, após uma pequena investigação descobrimos que o problema não é do Futaba 4PK e sim do sistema FASST. Algum tempo atrás tivemos um relato de um piloto do off dizendo que o FASST dava problema, que perdeu uma corrida por causa do sistema, etc. Na época este piloto usava o 3PK com fasst.

No elétrico, não ouvimos falar de problemas com este sistema pois as corridas são curtas e os receivers ficam sob ventilação constante.

O problema mais especificamente é no receiver do FASST ou seja, o receiver superaquece e aí começa os problemas, o famoso "glitch", causando parada total no sistema. Certos pilotos andam colocando o receiver afastado do motor e também ajudam a aumentar a ventilação do mesmo, no caso dos off-road, os pilotos fazem furos na "radio box" do carro.

Para se evitar este problema no on-road o piloto pode fixar o receiver de modo que o mesmo pegue refrigerão completa através de suporte simples como tem no NT1.

O receiver fica fixado neste suporte mas fora de uma "radio box", fica desprotegido mas refrigerado. Em 1998, os carros nitro 1/10 235mm tinham o receiver fixado desta maneira e nunca houve problemas de quebra do receiver.

A informação não oficial é que os receivers devem ser mandados para a Futaba pedindo que instalem o novo chip. Alguns pilotos mandaram e não tiveram problemas com os receivers que retornaram.

Então, o melhor a se fazer é entrar em contato com a propria Futaba ou com seu representante no Brasil, a Aeromodelli, e ver o que deve ser feito. Mas fiquem avisados, o problema é no sistema FASST e não no 4PK.

Também conseguimos oberservar que o 3PM com sistema FASST não deu problema. Todos os proprietários do 3PM com o sistema FASST só deram avaliações positivas. Então não percam tempo, pelo que vimos tem solução mas cada um de vocês terá que entrar em contato com as partes responsáveis.

Um comentário:

Anônimo disse...

Em Portugal existe relatos de problema com 1:10 EP