quinta-feira, 30 de junho de 2011

Novo opcional da XRAY!

A XRAY se rende aos desejos de seus pilotos e clientes. Muita gente no mundo vinha usando os diferencias de óleo fabricados pela SPEC R para marca como a XRAY. Os diferenciais da SPEC R se mostraram frágeis, pessoalmente vimos muitas quebras de diff da SPEC R.

Agora a XRAY, usando a qualidade e padrão Hudy, desenvolveu seu próprio diff de óleo ou diff de engrenagens como alguns preferem e em breve estará nos chassis de todos os amantes de tal modelo de diff.

Este novo diff serve para os modelos: XRAY T2, XRAY T2R, XRAY T2'007, XRAY T2'008, XRAY T2'009 e XRAY T3.

O novo diff é o #304900 XRAY Gear Differential - Set e seus benefícios seriam os seguintes:

• Qualidade XRAY;
• 10g mais leve que o diff original;
• Funcionamento suave;
• Sem vazamento;
• Fabricado com material composite rígido;
• Molde e fabricação precisos;
• Livre de manutenção
• Aumento da aceleração em curva;
• Para uso em carpet e asfalto e
• Serve tanto com dogbones de 50mm quanto de 52mm.

O diferencial vem completo e desmontado, com engrenagens duráveis. Graças ao sistema selante, não há vazamento assim é quase que livre de manutenção e se for montado corretamente, não precisa de troca de óleo regularmente.

Este diferencial pode ser usado em qualquer tipo e condição de pista. Fiquem ligados, em breve saberemos os valor do novo diferencial.

Fonte: XRAY

Problema não, erro humano!

Uma das mudanças no XRAY T3'11 são as novas membranas do amortecedor mais baixas como as do Tamyia. A XRAY adotou membranas mais baixas e inserts mais finos também e tudo isso visando um melhor rebound e performance dos amortecedores.

Com esta nova membrana existe um "problema" e depois de conversar com Martin Hudy sobre o tal "problema" tivemos a solução. Ao montar o amortecedor do T3'11 com a membrana baixa você deve evitar de rosquear o colar superior até o fim da rosca, se o fizer estará apertando demais.

Ao se apertar demais o colar superior a membrana dobra e consequentemente, entra para dentro do corpo do amortecedor acabando com todo o trabalho que teve e com a performance da peça. No próprio manual tem uma dica para apertar gentilmente o colar superior e não se preocupe, mesmo se o colar não estiver apertado até o fim da rosca ele não irá soltar.

A dica é, aperte o colar superior até sentir que deu aperto e pare por aí, não vá até o fim da rosca. Seguindo a dica, vocês não terão mais problemas com a membrana do novo amortecedor.

Fiquem no aguardo, o Martin já nos adiantou que em breve teremos um video mostrando o modo correto de montagem do novo amortecedor. Disse que estão trabalhando no video então deve ser para breve mesmo.

Fonte: Martin Hudy

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Correndo na chuva.

Agora que todos sofrem com chuva nas corridas, vejam este video do BRCA. Nem todos sofrem tanto na chuva quanto os ingleses, tanto que especialistas em chuva são eles mesmos. Quem assistiu o mundial de 1/10 aqui no Brasil deve lembrar da performance de Mark Green na chuva.


Como conseguem tanto grip assim na chuva? Interessante de se ver.

Fonte: RC Racing TV

terça-feira, 28 de junho de 2011

Chuva atrapalha o Paranaense.

Neste final de semana tivemos o que podemos chamar de 3ª etapa do Campeonato Paranaense de Elétrico categoria Super Stock. A corrida já não prometia um grid bom pois a data da corrida bateu com um feriado prolongado. Quinta-feira, muitos pilotos aproveitaram o feriado para treinar um pouco.

Na quinta, o sol apareceu, tudo foi muito bem e todos puderam treinar. No sábado, mais uma vez o sol deu o ar da graça e até quem estava sumido apareceu na pista ou para ver ou para treinar um pouco.

A previsão do tempo não era favorável e realmente, domingo não foi um bom dia. A tomada de tempo foi realizada com pista levemente molhada o que resultou em tempos altos e o fator sorte foi algo marcante. O piloto tinha que pegar a pista livre durante uma volta para poder usar um traçado menos escorregadio.

Na tomada de tempo, quem levou a melhor foi o véio voador, Luiz Sergio Gonzaga, com uma volta 1 segundo mais lenta que o recorde da pista. Realmente a pista não estava favorável! Tivemos então:

1 - Gonzaga
2 - Edson Lima
3 - Flávio Salinet
4 - Lincoln Almeida
5 - Marcos Silva
6 - André Gubert
7 - Miguel Woller
8 - Nilton Ohta
9 - Alexandre Hirata

Como podemos ver, mesmo com o feriado e o tempo ruim, tivemos um grid bom. Sentimos a falta de nossos amigos Sandro Lopes, Hamilton Júlio Jr, Douglas Schulz e outros que prometem correr e voltar ao nosso meio.

O que podemos destacar foi a presença de Edson Lima que finalmente pode correr uma etapa e a volta de nosso amigo Lincoln Almeida que voltou a tomar gosto pelo hobby. Treinando e correndo com a gente novamente.

O que falar da corrida em si? Alinharam-se para a largada e logo após alguns minutos a garoa começou e era mais uma corrida de drift do que paranaense de elétrico. Na frente, Lincoln Almeida e Flavio Salinet disputando para ver quem errava menos para chegar na frente. Divertido estava, mas competitivo e igual não! O diretor de prova então cancelou o heat e deu o aviso de 60 minutos para aguardar e assim foi, antes de 60 minutos pode ser realizado o primeiro heat.

O heat largou mas com a pista bem escorregadia ainda em certos pontos, mas tinhámos que aproveitar. O ponto crítico era a curva anterior ao "S" que necessitava de um cuidado a mais. Após a largada houve piloto sofrendo um pouco com a situação da pista e depois de alguns minutos estava Lincoln Almeida em 1º lugar seguido por Flávio Salinet e assim foi até um momento que Flávio conseguiu passar Lincoln e permaneceu na frente por alguns minutos.

No último quarto da corrida, Flávio foi outra vítima da curva crítica, acelerou no lugar errado e seu carro saiu de traseira rodando levemente deixando assim o caminho livre para Lincoln Almeida que passou e permaneceu em 1º até o fim do heat.

Após 8 minutos, terminou assim:

1 - Lincoln Almeida
2 - Flávio Salinet
3 - Miguel Woller
4 - Nilton Ohta
5 - Luiz Sergio Gonzaga
6 - André gubert
7 - Marcos Silva
8 - Edson Lima
9 - Alexandre Hirata

Logo depois do fim do heat 1 a chuva voltou e novamente foi dado 60 minutos de prazo ou seja, esperaríamos até às 14:40 para iniciar o heat 2. Às 14:35 o diretor de prova declarou encerrada as atividades pois a chuva se intensificou a não haveria tempo para secar a pista e realizar os outros heats.

A etapa foi realizada, nosso amigo Lincoln Almeida está mais animado ainda pois levou o primeiro lugar e agora promete disputar o primeiro lugar em todas as outras etapas. Para o campeonato, o 5º lugar de Gonzaga deixou Flávio Salinet mais folgada na liderença mas nada está ganho.

Ainda temos 4 etapas e a próxima será em agosto, teremos 1 mês de folga para novos testes e mais treinos. Fiquem ligados e participem da 4ª etapa do Paranaense e se Deus quiser, com pista seca e com grip.

A parcial do campeonato já se encontra atualizada. Para ter acesso clique no banner do evento na coluna da direita.

Fotos: Nilton Ohta

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Enquete finalizada!

E mais uma enquete acabou e a maioria dos participantes acha que a categorias Super Stock é a categoria ideal.

Realmente, a Super Stock tem um bom desempenho, não judia do carro e ainda mantêm um custo baixo nas corridas.

Pouca manutenção e bom desempenho com certeza é a chave do sucesso deste categoria. Agora, vamos a próxima enquete e votem a vontade.

Mais uma vez, sucesso presente!

O veinho Pedro Thieme nos mandou uma matéria sobre a 5ª etapa do Paranaense de Off-road. Vamos a matéria:

"Os melhores pilotos do estado do Paraná e Santa Catarina protagonizaram um show na quinta etapa do paranaense de r/c off-road.

Mantendo a constância, o piloto Pedro Thieme faturou mais uma, com direito a pole position e volta mais rápida, seguido de Nelson Junior e Afonso Cachaça.

Esta etapa expos alguns pilotos como o futuro do r/c brasileiro, entre eles apontamos de imediato Nelson Junior que mostrou competência na conquista do segundo posto, Yukio com uma bela corrida de recuperação e Gustavo Zem que apesar de problemas mecânicos ficando de fora da briga, andou forte largando em segundo na final.

A equipe MS de Foz do Iguaçu também se fez presente com os pilotos Antonio Ceará conquistando uma vitória nas semi finais e Denis que apesar de problemas mecânicos foi muito combativo na corrida.

As equipes de Box também mostraram sincronismo e agilidade nos abastecimentos, deixando a prova ainda mais eletrizante.

A A.M.E.C agradece a presença dos pilotos de Foz , Paranaguá e Santa Catarina e aguarda você leitor desta matéria a comparecer na próxima etapa dia 13/08.

Lembramos que a AMEC além da pista de automodelismo dispõe de lago para prática de nautimodelismo e infra estrutura com lanchonete."


Valeu Pedro, continue mandando matéria sobre as corridas e parabéns a todos, pricipalmente a AMEC que consolida o sonho Paranaense de ter uma boa pista de off-road.

Confirma como está a parcial do campeonato após 5 etapas e corra, ainda dá tempo de participar das outras.

Fonte: Pedro Thieme

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Paranaense com sol e recorde de pista!

Recebemos hoje do presidente da CAAR a matéria da 4ª etapa do Campeonato Paranaense que foi realizada neste fim de semana na pista da CAAR. Vamos a matéria:

"Um final de semana agraciado pelo SOL,tempo firme e um Show dos pilotos da Equipe Shepherd.

Sábado...

Chegamos na pista por volta das 07.30 da manhã, iniciamos a limpeza e organização da pista para a corrida. Às 10.00 da manhã a pista já estava liberada e com um grid formidável.

Sábado de treinos livres muitos carros andando a pista emborrachando e já após as 14.00 horas era nitido a performance dos carros .

Ao final da tarde de sábado o piloto Kenedi (Shepherd/Dulac), recebe elogios do mecânico Amauri Brito que fica impressionado com a performance do carro.

Usando uma bolha Honda Civic,o carro ficou perfeito e prometia muito. O piloto Victor Ohta( Shpeherd/Dulac) andava rápido, e tinha um carro muito constante. O piloto Erich Comelli,que iniciava sua primeira corrida com seu chassi Shepherd V10, já elogiava a performance do chassi,auxiliado pelo mecânico Amauri Brito, Erich voava pela pista.

O piloto Emir Rios agora usando o conjunto Capricorn (carro e chassi) andava muito forte mas insistia em usar bolha Mazda 6 e tinha dificuldades em manter o carro estável.

O piloto Maurício com seu V-ONE RRR com um carro muito alinhado já prometia que viria forte pra briga no Domingo.

Eis que iniciamos o Domingo...

Ao chegar na pista alguns pilotos se depararam com uma questão ingrata. Os carros não passavam no gabarito de bitola.
O piloto Kenedi teve de desmontar toda a parte traseira de seu shepherd para adequar o carro ao gabarito( Gabarito este que e utilizado já a 3 anos) com esse contra tempo o piloto Kenedi so consegue andar no ultimo Hit de classificação e após uma performance incrível crava o melhor hit, com a melhor volta do dia e assegura a pole position seguido pelo piloto Victor Ohta.

>O piloto Erich Comeli, vem forte, com um carro muito rápido, Erich fica feliz com a performance do seu chassi e diz as seguintes palavras: "Nunca foi tão fácil andar forte assim" era nitida sua satisfação com seu chassi.

O piloto Edson Lima, como sempre com uma tocada fina e constante, vinha com seu MTX4 babando no cangote dos demais pilotos.Dada largada da final, Kenedi larga e vai embora seguido de Victor Ohta, os 2 pilotos após 6 minutos já começam a colocar voltas aos demais pilotos.

Com 7 minutos, Kenedi capota na entrada da curva e cai pra ultima colocação.Com uma pilotagem extremamente agressiva, o piloto faz uma corrida de recuperação e logo aos 17 minutos de prova já esta na liderança da prova novamente.

Com voltas muito rápidas e constantes, o piloto Kenedi Quequi (Shepherd/Dulac) faz volta atraz de volta mais rápida, ate parecia uma competição com o piloto Victor pra ver quem virava a volta mais rápida eis que Kenedi vira então a volta mais rápida do dia e continua a frente do japonês voador.

Após uma pane seca o piloto kenedi perde 3 voltas, volta e tenta recuperar novamente a primeira posição e na busca pela liderança capota na entrada do S, bate seu carro e tem a quebra do tanque que o tira da corrida.

Após isso Victor com pista livre voa baixo e crava o recorde da pista, esse recorde veio para coroar a performance do piloto.

Na categoria light alguns pilotos sobravam na pista foi o caso do piloto Rodrigo Veiga, que com uma calma digna dos veteranos, não perdeu a chance e após assumir a ponta da prova levou ate o final.

O destaque na light foi o piloto Emir Rios, que largou muito bem e já no inicio da prova toma a liderança do piloto Maurício, vai super bem e com um carro muito forte, porem usando bolha Mazda era nitido que o piloto lutava par amanater o carro na pista.

>Após a quebra de seu aerofolio e perder algumas voltas no box, o piloto troca de bolha e simplesmente bate o recorde de volta mais rápida da categoria Light,,,,parabéns ao Emir, uma cara formidável, muito parceiro e uma pessoa muito digna que temos no Hobby.

Em breve postaremos o grid final com fotos e a classificação do Camp.Paranaense de 2011.

Nos vemos na proxima etapa na pista do Thalia, e la promete ser ainda mais emocionante.


Ate la.

abraços.
Kenedi Quequi."


Fonte: Kenedi Quequi
Fotos: Nilton Ohta

domingo, 19 de junho de 2011

Você bebe, a gente usa!

Quando você vai até o mercado comprar uma Fanta Uva normalmente é para beber no almoço, no lanche ou durante o dia quente correto?

Bom, só você compra Fanta Uva para beber, modelista de respeito usa Fanta Uva para outro fim.

Há 13 anos atrás usávamos uma mistura de água com açúcar, exatos 20 litros de água para 1kg de açúcar.

Hoje, para se obter um grip melhor nas pistas o pessoal usa refrigerante direto na pista.

O piloto ao se dirigir à torre de pilotagem hoje grudando o pé, a coisa fica muito melecada e por incrível que pareça não tem formiga, abelha, o que for na pista. Acreditamos que com a fumaça dos motores os insetos ficam longe. Além da fumaça tem o barulho também.

Hoje está tendo mais uma etapa do Paranaense de nitro e a pista como vocês podem ver já estava preparada para o evento desde ontem.

Para o pneu de espuma a solução é muito boa mas para os pneus de borracha a pista fica muito instável, o açúcar cristaliza um pouco e torna a pista lisa em alguns lugares onde a concentração de refrigerante foi maior.

Mas na busca pelo grip perfeito e melhor performance o refrigerante tem sido a solução.

Só louco bebe Fanta uva quente então, está quente, leva para o pessoal, eles sabem o que fazer com o refrigerante e por favor evitem refrigerantes light ou ZERO. No fim ainda produzem muito material reciclável!

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Mais do que uma equipe agora!

Nosso amigo e colaborador Nilton Ohta entrou em contato para divulgar uma excelente notícia para o pessoal do Paraná. Vamos ao e-mail que recebemos dele:

"Olá Amigos automodelistas.

É com grande satisfação que lhes informo que a OHTA TEAM R/C é a mais nova revenda SHEPHERD e MAX POWER no Paraná. Uma parceria que nasceu após algumas conversas com o distribuidor da marca Eduardo Dulac nas nossas andanças pelas etapas do Brasileiro de Automodelismo 1/10. Após nos tornarmos mais uma equipe a utilizar esse ótimo kit, fizemos questão de sermos a ponta da Dulac / SHEPHERD aqui no paraná, uma vez que o equipamento demonstrou ser de ótima qualidade e claro, muito competitivo.

Estamos a disposição para qualquer dúvida sobre o automodelismo, e principalmente sobre o kit SHEPHERD. Daremos total acessoria e acompanhamento aos pilotos SHEPHERD, repassando toda informação coletada pelo Dulac junto a fábrica e também nas competições em que ele participa pelo mundo.

Além de kits, teremos peças, pneus, ferramentas e acessórios SHEPHERD além dos motores MAX POWER. Temos como meta um ótimo atendimento pós venda, assim como todo apoio que o piloto necessitar.

Grato pela atenção, e estamos a disposição para qualquer dúvida.

Abs,

OHTA TEAM R/C
Nilton Ohta
E-mail: niltonohta@gmail.com
MSN: niltonohta@hotmail.com
Celular: 9973-6805
Comercial: 3253-2145"


A FS MODELSPORT MZ está feliz em saber de tal notícia e deseja todo sucesso do mundo ao nosso amigo Nilton Ohta e seu filho. Agora, sucesso nas pistas e no ramo do R/C.

Fonte: Nilton Ohta

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Video do Paranaense

Infelizmente, temos uma limitação no tamanho dos videos que podemos publicar no youtube ou vimeo então perdemos um pouco da qualidade para poder levar um video mais completo. Esperamos que gostem do video.


Agracemos o nosso amigo Chico Jr que nos deu seu domingo para gravar este video.

Video: Chico jr
Edição: FS MODELSPORT MZ

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Paulista, 3ª etapa na AARC do ABC!

Todas as idades frequentando o campeonato!

Neste domingo passado, 29/05, aconteceu a 3.ª Etapa do Campeonato EP 2011, Novamente Sucesso de participação, 11 pilotos da Super Stock + 17 da Light, 28 pilotos brigando por posições, Fantástico!

Mais box...
Opa, olha um XRAY aí. Bom gosto hein!?!?! hehehehe
A pista nova ficou linda e de acordo com o pessoal maravilha de piso.

Tempo perfeito sem nada de chuvas, porém um frioooo!

Essa etapa marcou a despedida as rodas raiadas da Alpha , usamos esse modelo de roda por mais de 4 anos com sucesso , agora vamos aguardar a nova roda aero disk para a 4º etapa de Jundiaí .

E olha quem estava na pista... o Miltão revendo os Touring Car.

Vamos a Etapa:

Stock Light - Neto mostrou que não está para brincadeira, faturou o Campeonato com 4 vitórias nas finais, Alex levou o 2.º por 2 pontos, Vinícius empatou com o Rafa Spina e levou o 3.º lugar pelo desempate.

Box cheio. Chung, cuidado que o Felipe te passa dica errada hein! hehehehehe

Super Stock - Consagrado na Super, Felipe Francheschi levou novamente abrindo espaço na tabela, quem segura esse menino? Na briga pelo 2.º lugar Bigode levou a melhor seguido por Coca, estreando o podium com o 3.º lugar!

Olha o podium da Super Stock. Felipe, Bigode e Coca em 3º. Mas Coca, 3º fica no lado esquerdo do 1º ok?
E o Felipe lidando com seu carregador espacial. Carrega duas baterias, lava roupa, passa e ainda balanceia! Mas ele não sabe usar direito olha a cara de dúvida!
Sempre quis ter amigo rico... olha o Coca cheio da grana. Embolsando a inscrição Coca? hehehehehehehe
Parabéns aos Campeões e a todos pilotos que fizeram mais essa etapa acontecer !!!

Quer turma hein? E todos de elétrico o que é melhor.
Agito gostoso esse de corrida.

Próximo encontro dia 26/06 na Pista da AARCJun , Carrefour Jundiaí , até lá .

Fotos: Felipe Seixas
Matéria: Eduardo Coca

VRC PRO mais perto de todos

BETA TEST – Finalmente começa...

A longa espera pelo teste da versão beta do VRC PRO e VRC World foi inciado no meio do mês de Maio e tem sido positivo. O lado bom está nos gráficos, a interface gráfica do usuário, multi-player, chassis elétrico e a comunidade mundial do VRC World agradous a todos os que testeram.

O lado negativo é a performance do jogo por causa de especificações dos computadores utilizados o que causou muita surpresa entre os que testaram mas era esperado pela equipe do VRC. Computadores velhos e menos potentes terão dificuldades em rodar o novo game.

PLACA DE VIDEO

Quando se cria um simulador sempre se procura pelo equilíbrio entre gráficos e performance. Em 2006 quando começaram com o projeto VRC PRO foi decidido ir em busca das melhores especificações sabendo que com o avanço da tecnologia isso poderia ser alcançar um padrão médio de gráficos na época do lançamento.

O VRC PRO precisa de placas de vídeo que suportam PIXEL Shader 3.0 e DirectX 9 como especificação mínima. As primeiras placas que suportavam o PS 3.0 foram lançadas em 2005 ou seja, 6 anos atrás. Estas placas de vídeo são o mínimo que se precisa para rodar o VRC PRO com um padrão mínimo de gráficos. As últimas gerações de placas de vídeo agora usam o PIXEL Shader 5 e o DirectX 11 e estes claro, produzem o melhor resultado de gráfico e performance no VRC PRO.

A parte gráfica é a alma do VRC PRO, obtendo um realismo enorme quando se usa sombras dinâmicas e uma taxa de vídeo de 40 quadros por segundo. Então, quanto melhor sua placa de vídeo melhor será o resultado do VRC PRO.

Para 30% dos usuários que iriam testar o novo VRC PRO, estas especificações eram muito superiores ao hardware que possuíam e acabaram saindo da fase de teste. Mas informações sobre o PIXEL Shader 3.0 podem ser achadas no Wikipedia e especificações no site da ATI e Nvidia.

MULTIPLAYER

O ponto alto do novo VRC PRO é o Multiplayer que muitos usuários estão dizendo que vai transformar o VRC PRO na sensação dos games de R/C. Um usuário pode criar uma corrida (host) e outros 9 se juntarem a ele no evento. Para ser o host o usuários precisa de uma boa conexão de internet. Nos testes foi analisado que usuários com conexão ruim não puderam ser host.

REALIDADE DO JOGO

Muitos feedbacks sobre a tocada dos elétricos em pistas de carpet e asfalto chegaram para o pessoal do VRC PRO. Todos dizendo que realmente sentem a diferença de grip entre um e outro, sendo que no carpet tem muito grip e no asfalto sentem o carro mais solto precisando de um acerto melhor com os pneus de borracha.

Quanto aos carros nitro, todos disseram que os mesmos com pneu de espuma estão melhores que o VRC v3. Sentem mais o carro tornando mais real a tocada. O VRC PRO é realmente um simulador de R/C e não mais um game como muitos dos usuários que estão testando disseram.

VRC WORLD

O VRC World foi testado arduamente e esta rede social estilo “facebook” foi adotada e usada por todos os usuários que estão testando o VRC PRO BETA. Com ele existe uma interação entre os usuários como se espera de uma rede social moderna. Pode-se comparar voltas rápidas, resultados de corridas e multiplayer ou seja, tudo muito informativo.

Agora resta a todos os fanáticos pelo VRC aguardarem o lançamento do VRC PRO que agora sim, parece ter saído do papel e está nas casas dos usuários sendo testado a todo vapor. Com inveja deles? Então aguarde e se prepare, seu computador precisa estar a altura do novo VRC PRO.

Fonte: Pieter Bervoets - VRC

Corridas pelo mundo!

Quem gosta de R/C, quase 100% das vezes gosta de corrida de carros e motos. Até ano passado mantinhámos uma coluna com o calendário mundial de corridas não só de R/C. Mas, este ano com a reformulação do layout não temos mais esta coluna.

Para relembrar um pouco aquela época estamos publicando aqui algumas datas de corridas de várias categorias. Divirtam-se!

Fonte: Race Calendar 2011