terça-feira, 22 de novembro de 2011

Campeão na GT2, recordista no EP!

Marcos Silva é o primeiro campeão paranaense de RallyGame/GT2!

A última etapa do Campeonato Paranaense RallyGame/GT2 transcorreu em clima de harmonia, nervosismo e expectativa. Domingo agradável com sol, temperatura amena e pista cheia. O pessoal do elétrico disputando a 2ª posição no campeonato, pois a primeira já era do Flavio Salinet e na GT a briga estava entre o Marcos Silva e Bráulio Junior. Ambos na expectativa pois sabiam que aquele que cometesse um erro ou um problema mecânico no carro, poderia perder o título.

Na classificação parecia que a situação iria ficar crítica para os dois – Francis Soppa fez a pole e os três que tinham chances de título ficaram com as últimas posições: Luiz Gustavo em 7º, Marcos em 8º e Bráulio em 9º.

No intervalo do almoço, antes da primeira bateria, tentava acertar o motor do meu carro quando na reta ouvi aquele fatídico estalo – lá se foi a biela e o bloco também. Já estava desistindo da corrida quando o piloto e companheiro Djalma Mendes falou: “Seu Luiz não vai ficar sem correr! Eu tenho um motor e empresto para a corrida”. Um pouco relutante, mas só um pouquinho, aceitei a oferta e começamos a trocar os motores. Terminamos a tempo de dar uma volta na pista e acertar a “lincagem”.

Na primeira bateria os três primeiros do campeonato largaram nas últimas posições. Marcos e Bráulio partem para buscar a ponta! A disputa foi grande e a pista, as vezes, ficou pequena para tantos carros tentarem ultrapassagem. Marcos assumiu a ponta e fez a melhor volta da bateria – o “cara” estava voando baixo e o carro correspondia e aguentou a tocada agressiva do piloto. O Marcos estava possuído pois na etapa do elétrico também fez a volta mais rápida baixando dos 14 segundos. O Bráulio não conseguiu o desempenho que precisava e terminou a prova em 5º lugar.

Na segunda bateria, com o Marcos largando na pole, o campeonato já estava quase decidido. Ficamos de olho no desempenho do carro do Marcos e se o Bráulio conseguiria extrair de seu carro o “gás” que precisava. Durante o campeonato poucas vezes o Ofna aguentou as duas baterias e exigiu muito trabalho do mecânico Marcel para mantê-lo na pista e resistir a tocada do Marcos.

Ele e o Alexandre Hirata dão show de pilotagem na pista, dá gosto assistir as provas em que os dois participam. Novamente o Marcos fez a volta mais rápida do dia! Nas baterias fiquei cansado de dar passagem para o Marcos. Mas, voltando ao assunto, o Bráulio não conseguiu a recuperação que precisava e ainda por cima perdeu o aerofólio e foi obrigado a parar para retira-lo, voltando a pista sem estabilidade e praticamente, arrastou-se até o final da bateria, terminando em 6º lugar.

Tivemos nesta etapa uma constância no desempenho dos três primeiros colocados, ou seja, Marcos Silva em 1º vencendo as duas baterias, Gustavo Lagos em 2º nas duas baterias e Francis Soppa em 3º nas duas baterias.

Quero enaltecer a participação dos pilotos de Paranaguá que mostraram que não brincam em serviço e pilotam “prá caramba” terminando o campeonato com Bráulio em 2º, Carlos Dalcol em 4º e Gustavo Lagos em 5º.

Em 2012 teremos novo campeonato com um regulamento mais competitivo e as chances de todos serão maiores.

Até 2012 e esperamos mais pilotos disputando todas as etapas.

Fonte: Luiz Gustavo Moura
Foto: Nilton Ohta

Nenhum comentário: