quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Até o SOL veio assistir!

Fim de semana em Curitiba, corrida na CAAR e o que todos podem pensar? Choveu! Mas não, foi tempo excelente. A corrida, ou melhor, o evento foi tão bom que até o ASTRO rei veio assistir as disputas. Sol forte e pista quente = Disputas acirradas.

Neste final de semana foi realizada a tradicional corrida de fim de ano do sul do Brasil. Neste ano a corrida levou o nome de FESTIVAL BRASIL SUL. Esta corrida contou com pilotos dos 3 estados do sul do país e ainda pilotos de São Paulo e Rio de Janeiro.
As corridas começaram no sábado com tempo bom e tiveram continuidade no domingo com um sol excelente, 33º C de temperatura e pista a 65º. O principal foi o pneu que no sábado deu muita frente nos carros e no domingo, a pista estava tão quente que deu uma super aderência ocasionando quebras por esforço.
Mas foram problemas isolados.  Tivemos premiação em dinheiro, o primeiro lugar levaria a quantia de R$400,00.
Tivemos 4 categorias com 52 pilotos inscritos. As categorias foram GT, Clássicos, 1/10 200mm e Super Stock EP.
Na 1/10 200mm  tivemos uma grande corrida e depois de todos os heats e finais formamos o grid dos 12 pilotos que disputariam o título de Campeão Sul Brasileiro.
A disputa ficou entre Cesar Salvadori e William Capitelli, durante a final os dois se alternaram na liderança mas quem levou o 1º lugar foi Cesar Salvadori.
Na 1/10 200mm tivemos o seguinte resultado:
  1. Cesar Salvadori
  2. Willian Capitelli
  3. Leandro Fares
  4. Otavio Augusto
  5. Lincoln Almeida
  6. Andre Franchi
  7. Marcio Cichella
  8. Renato Amaral
  9. Edson Lima
  10. Everaldo Filho
  11. Jean Leggerini
  12. Luiz Carlos Lima



Na GT, muitos pilotos disputando mas o pódio foi para o SUDESTE com  Heitor Nogueira em 1º lugar. Resultado geral foi:

  1. Heitor Nogueira
  2. Giancarlo Tudisco
  3. Gustavo Lagos
  4. Rodrigo Koeller
  5. Djalma Mendes
  6. Braúlio Junior
  7. Francis Soppa
  8. Angelo Strassburger
  9. Vinicius Bras
  10. Carlos Dalcol


Na Classicos, só poderíamos usar bolhas de carros clássicos nacionais ou importados e o motor era 10.5T blink. 

Nessa, o nosso amigo Julio resolveu correr com seu Corvete Stingray muito bonito.

Resolveu correr e acabou levando o primeiro lugar. 


Na Clássicos tivemos o seguinte resultado: 
  1. Julio Bernadinetti
  2. Rafael Langner
  3. Chico Lima
  4. João Almeida
  5. Michel Franqui
  6. Leonardo Assunção
  7. Crys Borges
  8. Otávio Langowski
  9. Eduardo Argola
  10. Marcos Mocelin
  11. André Damasceno


Mas, particularmente a corrida que mais nos chamou a atenção foi a EP Super Stock com os motores 10.5 utilizando o turbo. A disputa foi bem acirrada.

Nos treinos, Gabriel Brito mostrava força mas nada definitivo. O atual campeão brasileiro estava lá para desafiar o Gabriel além de outros pilotos de destaque. Mas no fim, quem mais desafiou Gabriel Brito foi Alexandre Hirata.

O formato da corrida da Super Stock eram 6 heats com um descarte e no fim, o piloto que somasse mais pontos ganhava o título de campeão. Gabriel fez a pole (flying lap) mas no Sul Brasileiro no final de cada heat tudo era refeito.

Com um motor queimado no heat 1, Gabriel acabou largando no grupo B no heat 2. Mas ganhando o heat 2B voltou para o grupo A e de lá não saiu mais.

No fim do dia Gabriel Brito ganhou com pole, melhor volta e recorde de volta.


TOP 12 da Super Stock


  1. GABRIEL BRITO
  2. ALEXANDRE HIRATA
  3. DENNIS PICKTALL
  4. LINCOLN ALMEIDA
  5. CÉSAR SALVADORI
  6. LUCAS ALEXANDRE
  7. WILLIAN CAPITELLI
  8. EDSON LIMA
  9. LEANDRO RODRIGES
  10. VITOR OHTA
  11. HERON FRANKLIN
  12. ANDRÉ FRANCHI
  13. PEDRO THIEME
  14. GUSTAVO ZEM
  15. MICHEL FRANQUI

Tudo foi muito lindo e na atual situação do país, ter um grid de 52 pilotos foi maravilhoso. 

Que venha o campeonato de 2015 e esperamos novos eventos de cair o queixo.

Fonte: CAAR
Fotos: Chico Lima