domingo, 10 de dezembro de 2017

Adeus ano velho!



E mais um ano passou no R/C Paranaense, foram 2 Campeonatos durante o ano (Curitibano e Paranaense) e para encerrar, as 1003 voltas algo  tipo os 2 campeonatos em 1. Mas antes de falarmos das 1003 Voltas vamos falar da diretoria deste ano.


Assumiu a CAAR em um momento crítico, sem ninguém querendo o cargo! Mas fez um trabalho excelente deixando a estrutura da pista ainda mais bonita e acolhedora aos sócios e não sócios da CAAR.


Parabéns a Otávio Langowiski (Presidente) e ao Pedro Thieme (Tesoureiro) que facilitou muito o nosso pagamento da mensalidade graças a opção de cartão de débito. E agradecemos por mais um ano a frente da CAAR.



No fim das 1003 Voltas houve a eleição e a diretoria 2017 gentilmente aceitou ficar por mais um ano e assim ganham os sócios e ganha o R/C Curitibano e Paranaense.


Voltando ao assunto 1003 Voltas. Tivemos 6 duplas inscritas, metade da capacidade total mas não foi por isso que a festa foi menor. Muita gente passando para assistir e prestigiar a CAAR. Excelente encerramento de ano.

A corrida começou às 13 horas com previsão total de 4:30 e a previsão se concretizou, poderia ter acabado 15 minutos antes mas não, o destino resolveu judiar um pouco mais dos pilotos e a corrida durou exatas 4 horas e 31 minutos.


Durante a prova houve muitas trocas de posições e próximo das 700 voltas a dupla Flávio/Felipe teve problemas perdendo toda a vantagem de 14 voltas e levando mais 2 voltas dos pilotos Rodrigo/Chico e assim, todas as duplas tiveram problemas... a dupla Rodrigo/Chico também não escapou. Na disputa pelo 1º lugar o piloto Chico Lima ligou seu ESC com a polaridade invertida e queimou o equipamento tendo a dupla que terminar a corrida com apenas 1 carro.


Foram 4 horas de corrida para encerrar um bom ano e que venham mais anos de pura competição mas, não agora ok? Pois no fim do dia todos os pilotos estavam exaustos marcando assim o fim do ano de 2017 para o R/C Curitibano.

Ufaaaaa

Fotos: Nilton Ohta