sábado, 7 de março de 2020

Sábado é Sábado!

Hoje, sábado dia 07/03/2020, foi realizada a 2ª etapa do Campeonato Curitibano das categorias Stock e Modified e a primeira corrida da CAAR realizada em um sábado valendo pelo Campeonato. Qual é a conclusão? Corrida sábado é muito bom. Sábado todos já estão na pista, fez-se a corrida e amanhã todos tem o domingo com a família e um momento de descanso.

Corrida sábado acredito que foi aprovada por todos! Agora falando da corrida, na Modified sentiu-se a falta do atual campeão brasileiro que não está participando e não sabemos por que. Tivemos apenas 5 inscritos na Modified porém esperamos que haja mais inscritos com o decorrer do ano pois já soubemos que terá em breve outro XRAY T4'20 mas na Modified fora pilotos que prometem o retorno às pistas em breve.

Já que estamos falando de modified nesta categoria apesar de poucos inscritos o nível é alto dos 5 inscritos, 3 foram finalistas do brasileiro de 2019. A pole ficou com Diogo Rocha que parece ter pego gosto pelo "EP zinho" como ele diz. Diogo fez a pole nas duas etapas realizadas até agora.



Mais uma vez, o prateado Fabiano Franco estava lá na disputa chegando em 2º lugar ao fim da prova. Diogo Rocha ganhou todos os heats mas no 3 heat, por ter esquecido de lacrar o pneu e bateria, foi desclassificado somando 0 pontos no heat o que fez Fabiano Franco assumir a liderança com 3 pontos de vantagem. No fim da prova, Diogo conseguiu reverter o resultado e levou a etapa no critério de desempate.

Lucas Baruffi, foi o único piloto a baixar dos 13 segundos e estabeleceu o recorde do traçado virando 12,906 segundos. A 3ª etapa promete e esperamos ver mais gente correndo na Modified.

O resultado da etapa foi:
  1. Diogo Rocha - XRAY T4'19 - 20 pontos
  2. Fabiano Franco - Yokomo BD9 - 20 pontos
  3. Lucas Baruffi - Mugen MTC1 - 15 pontos
  4. Willian Capitelli - Awesomatix  - 11 pontos
  5. Lincoln Almeida - ARC R11 (Representado na foto por Gustavo Zem) - 5 pontos




Já na Stock 8.5 Blink, tivemos 11 inscritos e quem dominou o evento foi o outro prateado, Luiz Sergio Gonzaga que levou 3 dos 5 heats mas teve momentos de tirar o dedo administrando o resultado. Gonzaga levou a 1ª e agora a 2ª etapa e confidenciou que desde 2015 não tem um carro tão bom assim.

Mas Gonzaga não levou a Pole, nas duas etapas o pole foi Pedro Thieme mas nos heats não tem tido sorte e sempre se envolve em acidentes. Pedro teve 2 desistências e assim perdeu a chance de um bom resultado na etapa.


11 pilotos é sinônimo de disputas acirradas e alguns acidentes também, tivemos muito de tudo. Muita
disputa e ultrapassagens lindas no fim da reta entrando no "S".  A 8.5 BLINK continua muito disputada e é onde temos a concentração dos T4'20.

Na Stock o resultado foi:
  1. Luiz Sergio Gonzaga - XRAY T4'20 - 53 pontos
  2. Adriano Ferro - Mugen MTC1 -  47 pontos
  3. Gustavo Zem - XRAY T4'20 - 37 pontos
  4. Otávio Langowski - Awesomatix - 35 pontos
  5. Cleverson Adir - XRAY T4'19 - 28 pontos
  6. Chico Lima - XRAY T4'18 - 28 pontos
  7. Clarel Castilhos - XRAY T4'20 - 27 pontos
  8. Rodrigo Stella - Mugen MTC1 - 24 pontos
  9. André - XRAY T4'19 - 24 pontos
  10. Pedro Thieme - XRAY T4'20 - 14 pontos
  11. Thiago Silvestrini - Yokomo BD8 - 12 pontos
Agora, que venha a 3ª etapa que será realizada 05 de abril, um domingo. Não deixe de participar, com certeza valerá muito a pena.

Fotos: Nilton Ohta e Flávio Salinet

Nenhum comentário: